1° Encontro da Juventude Trabalhadora da Região de Irecê

1° Encontro da Juventude Trabalhadora da Região de Irecê

26
0

O 1° Encontro da Juventude Trabalhadora, ocorrido dia 12 de agosto (sábado último), teve como tema central a reforma trabalhista e a condição da juventude neste cenário de precarização das relações de trabalho. Laís Rocha Ribeiro, advogada trabalhista, apresentou os pontos mais drásticos da reforma e sua consequência prática, enfatizou “hoje sei tanto quanto qualquer pessoa dessa plenária sobre direito do trabalho, o que aprendi na faculdade nada tem a ver com a nova legislação, eles inverteram o sentido de justiça do trabalho, antes na dúvida beneficiava-se o trabalhador, agora na dúvida beneficia-se o patrão”.

02

Pascoal Carneiro, presidente da CTB Bahia, falou sobre o desmonte da indústria nacional, os interesses que movem o governo ilegítimo, e o papel propagandista da grande mídia no cenário político atual.

O diretor da Juventude da CTB Bahia, Alfredo Santiago, discutiu as formas de enfrentamento da juventude trabalhadora diante dos novos desafios, por meio da participação nos sindicatos, ocupação dos DCE’s e DAA’s.

Ao final do encontro Pascoal se disse satisfeito com o resultado, mas ressaltou “Foi um excelente encontro, contudo é preciso pensar em uma dinâmica mais leve, a juventude quer discutir o futuro desse país, a mostra disso é participarem atentamente até o final, e o futuro deste país passa pela juventude. Motivo pelo qual ficou definida a criação do coletivo da juventude por parte da CTB na Regional Irecê e nas demais regionais da Central, para que a juventude tenha cara própria, dinâmica própria, pretendemos que essa juventude influencie na política da CTB, porque só teremos política para a juventude se a própria juventude formular essas políticas.”

Com realização da CTB Regional Irecê, o encontro contou com o apoio da APLB Sindicato, Sindicato dos Bancários Irecê e Região, Sindicato dos Empregados no Comercio de Irecê e Região, SinTESSI e Polo Sindical de Irecê.

Sem comentários

Deixe seu comentário