Notícias

Maioria das escolas fechadas por Alckmin está na periferia

A mudança anunciada pelo governo de Geraldo Alckmin (PSDB) em São Paulo que culminará no fechamento de 94 escolas atingirá, em especial, as unidades que atendem jovens da periferia.

Segundo a Secretaria Estadual de Educação, das 25 escolas que serão fechadas na capital paulista, apenas nove estão na área central da cidade. As outras 16 unidades de ensino que serão desativadas ficam na periferia.

A justificativa do governo Alckmin é que as escolas nas áreas periféricas estariam “consideravelmente ociosas”. Tais colégios possuem, segundo informou a secretaria por meio de nota, 13 mil alunos matriculados.

As 94 unidades “disponibilizadas” terão os prédios repassados às prefeituras, para abrigar creches, ou ao Centro Paula Souza, para escolas técnicas ou faculdades de tecnologia.

Fonte: Agência PT de Notícias

 

Leave a Comment

Your email address will not be published.

You may also like

Read More