Haddad no segundo turno é chance de trabalhador reaver direitos

In Galeria de Fotos, Notícias

Wagner Gomes, secretário-geral da Central de Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) vê na chegada de Fernando Haddad ao segundo turno na disputa presidencial a possibilidade de os trabalhadores reaverem direitos retirados com a reforma trabalhista e terceirização. A eleição deste domingo (7) confirmou que o petista disputará o segundo turno como o candidato do PSL, Jair Bolsonaro.

 

“Está em jogo toda uma trajetória de luta e conquista dos trabalhadores. A vitória do Bolsonaro é o fim das liberdades, o aprofundamento da retirada de direitos. Ele vai representar uma privatização desenfreada nas estatais brasileias e vai representar um governo submisso ao capitalismo internacional”, disse Wagner. Segundo ele, apenas dois candidatos agora vai ajudar na hora de avaliar as propostas.

Vagner Freitas, presidente da CUT, avaliou a vitória da chapa Fernando Haddad e Manuela d’Ávila como “uma vitória da classe trabalhadora”. “No segundo turno serão as nossas fichas. Vamos ganhar voto por voto e eleger Fernando Haddad presidente para que a classe trabalhadora não seja ainda mais perseguida do que já foi com Temer.”

O dirigente orientou a classe trabalhadora a buscar informações em veículos diversos e que sejam confiáveis para evitar as fake news, que foram um instrumento a serviço da campanha de Jair Bolsonaro.  Às vésperas da eleição, o Tribunal Superior Eleitoral mandou retirar da internet 35 notícias falas que circulavam contra a campanha de Fernando Haddad e Manuela.

Portal Vermelho

You may also read!

NOTA AOS COMERCIÁRIOS E AO PUBLICO EM GERAL

SOBRE O FERIADO DE SÃO JOÃO NOTA AOS COMERCIÁRIOS E AO PÚBLICO EM GERAL O Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de

Read More...

GREVE GERAL EM IRECÊ-BA

No dia 14 de junho de 2019, os trabalhadores, as trabalhadoras, os estudantes, os movimentos sociais e a sociedade

Read More...

IRECÊ E REGIÃO VÃO PARAR NA GREVE GERAL DO DIA 14 DE JUNHO

A CTB Regional de Irecê, junto aos seus sindicados filiados, os estudantes, os movimentos sociais e a sociedade civil

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu